Produções da equipe de pesquisas do TEIA-UFMG:

 

CARVALHO, Levindo Diniz. Crianças e Infâncias na Educação (em tempo) Integral. Educação em Revista (UFMG. Impresso), v. 1, p. 28-50, 2015. LINK

LEITE, Lúcia Helena Alvarez. Educação Integral, territórios educativos e cidadania: aprendendo com as experiências de aplicação da jornada. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, n. 45, p. 57-72, jul./set. 2012. Editora UFPR. LINK.

MENEZES, J. S. S.; LEITE, Lúcia Helena Alvarez. Ampliação da jornada escolar em municípios brasileiros: políticas e práticas. Em Aberto, v. 88, p. 5-10, 2012. LINK.

OLIVEIRA, F. S. ;LEITE, Lúcia Helena Alvarez. A atualidade do pensamento de Paulo Freire e sua contribuição para a educação no Brasil. Paidéia (Belo Horizonte), v. 8, p. 12-20, 2012. LINK.

 

 

  • Capítulos de livros publicados

 

CARVALHO, Levindo Diniz (Org.) ; LEITE, Lúcia Helena Alvarez Leite (Org.) . Anais do I Seminário Internacional de Educação Integral: observando realidades e construindo compromissos. 1. ed. Belo Horizonte: , 2015. v. 1. 292p .

CARVALHO, Levindo Diniz (Org.) ; Marinho, Larissa Medeiros. (Org.) . Educação (em tempo) Integral: diálogos entre a Universidade e a Educação Básica. 1. ed. Belo Horizonte: Fino Traço, 2015. v. 1. 205p.

CARVALHO, Levindo Diniz (Org.) ; PAULA, S. G. (Org.) . Educação não Formal. Paidéia: Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde, Universidade Fumec.. 13. ed. Belo Horizonte: FUMEC, 2012. v. 1. 198p.

CARVALHO, P. F. L.; LEITE, Lúcia Helena Alvarez. Educação integral e territórios educativos: a escola entre as fronteiras do bairro e da cidade. In: Iza Rodrigues da Luz; Luiz Alberto Oliveira Gonçalves. (Org.). Sociabilidade e ações coletivas: processos educativos em contextos escolares e não-escolares. 1ed.Belo Horizonte: Mazza Edições, 2014, v. , p. 67-90.

LEITE, Lúcia Helena Alvarez; OLIVEIRA, F. S.; MENDONCA, P. M. . A Educação Integral como Direito. Concepções e desafios. In: Marília Barcellos Guimarães; Carla Linhares Maia; Denise Bianca Maduro Silva Passades. (Org.). Educação integral : contribuições da extensão da UFMG. 1ed.Belo Horizonte: UFMG, 2015, v. , p. 30-45.

LEITE, Lúcia Helena Alvarez; RAMALHO, B. B. M. Jovens-Adolescentes na Educação Integral: marcas da experiência. In: Corá, E, J. (Org.). (Org.). Reflexões acerca da Educação em Tempo Integral. 1ed.Porto Alegre: Evangraf, 2014, v. , p. 195-210.

LEITE, Lúcia Helena Alvarez . Educação Integral, Territórios Educativos e participação social: a cidade como currículo vivido. In: MORGADO, J.C.; SANTOS, L.L.C.P.; PARAISO, M. A.. (Org.). Estudos curriculares: Um debate contemporâneo. 1ed.Curitiba: CRV, 2013, v. , p. 65-72.

LEITE, Lúcia Helena Alvarez . A ampliação de jornada escolar nos municípios brasileiros: politicas e práticas. In: DALBEN, A.I.L.F.; SANTOS, L.L.C.P.; DINIZ-PEREIRA, J.E.. (Org.). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2010, v. , p. 813-830.

 

 


Produções externas:

 

ARRUDA, Sônia M. C. de Paula; TRIÑANES, Maria Terêsa Rocha. Nós sem nós: Alunos com deficiência visual na escola de tempo integral. Anped, São Paulo,GT Educação Especial, 2010. LINK.

BONATO, Nailda M. da Costa; FERNANDES, Claudia de O.; MENEZES, Janaina S. da Silva. Ampliação da jornada escolar nas regiões nordeste e sudeste: Tempos, espaços e denominações das experiências no ensino fundamental. Anped. Rio de Janeiro,GT: Educação Fundamental n. 9, 2010. LINK.

BRANCO, Verônica. Desafios para a implantação da Educação Integral: análise das experiências desenvolvidas na região sul do Brasil. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, n. 45, p. 111-123, jul./set. 2012. Editora UFPR. LINK.

CARDOZO, Maria José P. B. A educação profissional técnica de nível médio e a questão da integração: Pressupostos da formação integral dos estudantes. Anped. Maranhão,GT: Trabalho Educação, 2011. LINK.

CASTRO, Adriana de; LOPES, Roseli Esquerdo. A escola em tempo integral: desafios e possibilidades. Ensaio: aval. pol.públ. Educ, Rio de Janeiro, v. 19, n. 71, p. 259-282, abr./jun. 2011. LINK.

CAVALIERE, Ana Maria Villela. Anísio Teixeira e a educação integral. Paidéia, Rio de Janeiro maio-ago. 2010, Vol. 20, No. 46, 249-259. LINK.

CAVALIERE, Ana Maria Villela, COELHO, Lígia M. C. da Costa. Para onde caminham os CIEPS? Uma análise após 15 anos. Cadernos de Pesquisa, Rio de Janeiro, n. 119, p. 147-174, julho/ 2003. LINK.

CAVALIERE, Ana Maria Villela. Tempo de escola e qualidade na educação pública. Educ. Soc., Campinas, vol. 28, n. 100 – Especial p. 1015-1035, out. 2007. LINK.

COELHO, Lígia Martha Coimbra da Costa. Alunos no ensino fundamental: Ampliação da jornada escolar e educação integral. Anped, Rio de Janeiro, GT: Educação Fundamental, 2011a. LINK.

COELHO, Lígia Martha. Educação Integral: Concepções e praticas na educação fundamental. Anped, Rio de Janeiro, GT: Educação Fundamental n. 13, 2004. LINK.

COELHO, L. M. Integralismo, anos 30: uma concepção de Educação Integral. Unirio. online. LINK.

COELHO, Lígia Martha Coimbra da Costa. Escola Pública, Educação integral em tempo integral e trabalho educativo no ensino fundamental. Anped, Rio de Janeiro, GT: Ensino Fundamental n.13, 2003. LINK.

COELHO, Lígia Marta Coimbra da Cost; HORA, Dayse Martins; ROSA, Alessandra Victor do Nascimento. Alunos em tempo integral no estado do Rio de Janeiro: Universalidade ou focalização? Anped. Rio de Janeiro, GT Educação Fundamental, 2013. LINK.

COELHO, Lígia Martha Coimbra da Costa; MENEZES, Janaína Specht da Silva. Tempo integral no ensino fundamental: ordenamento constitucional-legal em discussão. Anped. Rio de Janeiro, GT: Educação Fundamental n.13, 2007. LINK.

COSTA, Cristiane Simões Netto; CASTRO, Diana Costa de; SOARES, Vanessa Brulon; SANTOS, Marcel de Souza Silva e. Política cultural e desenvolvimento: uma análise do Programa Bairro Escola, do município de Nova Iguaçu. Cad. EBAPE.BR, v. 9, nº 4, artigo 5, Rio de Janeiro, Dez. 2011a. LINK.

COSTA, Regis E. C. Arguelles. Tempo de escola e tempo de vida: Uma análise comparativa de duas escolas da rede municipal de Teresópolis/RJ. Anped. Rio de Janeiro,GT: Educação Fundamental n. 13, 2010. LINK.

DEMO, PEDRO. Escola de Tempo Integral. UNB, 2007. LINK.

FELÍCIO, Helena Maria dos Santos. Análise curricular da escola de tempo integral na perspectiva da Educação Integral. Revista e-Curriculum, vol. 8, núm. 1, abril, 2012, pp. 1-18. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, Brasil. LINK.

FELÍCIO, Helena Maria dos Santos. A instituição formal e a não-formal na construção do currículo de uma escola de tempo integral. Educação em Revista. Belo Horizonte, v.27, n.03, p.163-182, dez. 2011a. LINK.

FREITAS, Juliana Veiga e TRAVERSINI, Clarice Salete. O professor da educação integral: Um sujeito em processo de invenção. Anped, Rio Grande do Sul, GT: Formação de Professores, 2013. LINK.

GUIMARÃES, Edilene Rocha. A formação integral no discurso pedagógico oficial dos anos 2000. Anped. Pernanbuco, GT: Estado e Política Educacional n.5, 2008. LINK.

LAUDARES, João Bosco.; QUARESMA, Adilene Gonçalves. A formação integral do trabalhador como ponto de partida para a sua qualificação profissional: A experiência do programa integrar da confederação nacional dos metalúrgicos – CNM/CUT. Anped, Minas Gerais, GT: Trabalho e Educação / n. 9, 2003. LINK.

LECLERC, Gesuína de Fátima Elias; MOLL, Jaqueline. Programa Mais Educação: avanços e desafios para uma estratégia indutora da Educação Integral e em tempo integral. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, n. 45, p. 91-110, jul./set. 2012. Editora UFPR. LINK.

MAIMONE, Eulália Henriques; VIEIRA, Vânia Maria de Oliveira. Grupos operativos na formação de professores em escola de tempo integral. Revista Semestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE), Minas Gerais, Volume 13, Número 1, Janeiro/Junho de 2009. LINK.

MARTINS, Angela Maria Souza. A Educação Libertária na Primeira República. Histedbr online. LINK.

MAURÍCIO, Lúcia Velloso. Escola pública de horário integral: O que se lê, o que se vê. Anped, Rio de Janeiro, GT: Ensino Fundamental / n.13, 2003. LINK.

MAURÍCIO, Lúcia Velloso. Questões colocadas pela ampliação da jornada escolar no Brasil. Anped. Rio de Janeiro, GT Educação fundamental, 2012. LINK.

MAURÍCIO, Lúcia Velloso. Representações do jornal O Globo sobre os CIEPS. Anped, Rio de Janeiro, GT: Educação Fundamental, n.13, 2007. LINK.

MENEZES, Janaína. S. S. Educação em tempo integral: direito e financiamento. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, n. 45, p. 137-152, jul/set. 2012. Editora UFPR. LINK.

MORAES, Salete Campos. Propostas alternativas de construção de políticas públicas em educação novas esperanças de solução para velhos problemas. Educar Revista.[online]. 2009, n.35, pp. 165-179. LINK.

PARENTE, Claudia da Mota Darós. A construção dos tempos escolares. Educação em Revista, Belo Horizonte, v.26 | n.02 | p.135-156 | ago. 2010. LINK.

PINHO, Ana Sueli Teixeira de. Tempo escolar no ensino fundamental: do tempo reduzido a ritmo ao tempo como simultaneidade. Anped. Bahia, GT Educação Fundamental, 2013. LINK.

PINHO, Ana Sueli Teixeira de. Tempos e ritmos nas classes multisseriadas: Tempo escolar no ensino fundamental. Anped, Distrito Federal; Bahia,GT: Educação Fundamental n.13, 2011. LINK.

PINTO, Maria Raquel Barreto. Tempo e espaço escolares: O (des)confinamento da infância. Anped, Santa Catarina, GT Educação Fundamental n. 13, 2005. LINK.

PONCE, Carla Sprizão; NETA, Maria da Anunciação Pinheiro Barros. Concepções de educação integral na escola pública de SINOP-MT: Uma reflexão fenomenológica. Anped, Mato Grosso, GT: Educação Fundamental, 2013. LINK.

QUARESMA, Adilene Gonçalves. A pedagogia da escola do trabalho e a formação integral do trabalhador. Anped, Minas Gerais, GT: Trabalho e educação n. 9, 2004a. LINK.

RIBEIRO, Darcy. CIEPs e GPS – Balanço crítico de uma experiência profissional. Fundar-online. LINK.

TITTON, Maria Beatriz Pauperio. Caminhos da Educação Integral no Brasil: direito a outros tempos e espaços educativos (Org. MOLL, Jaqueline) Educar em Revista, Curitiba, n. 45, p. 295-300, jul./set. 2012. Editora UFPR. LINK.

TORALES, Marília Andrade. Entre Kronos e Kairós: O sentido e as implicações da ampliação do tempo de permanência dos estudantes na escola. Educar em Revista, Curitiba, n. 45, p. 125-135, jul./set. 2012. Editora UFPR. LINK.

ZUBEN, Marcos de Carvalho Von. De John Dewey a Anísio Teixeira: o Pensar Reflexivo como Tarefa Educacional. Revista de Pedagogia, ano I, n.2. LINK.


Deixe um comentário

Você deve estar logged in para postar um comentário.