Observatório da Educação Integral (OBEDUC)

Início: 2013

O observatório da Educação Integral em Minas Gerais tem como objetivo identificar e analisar as experiências de educação em tempo integral em Minas Gerais, suas práticas pedagógicas, sua gestão e resultados, contribuindo na consolidação de políticas de Educação Integral no Estado e na formação de atores envolvidos nessas experiências. Nesse sentido, o OBEDUC atua no acompanhamento, sistematização e análise de práticas pedagógicas e de gestão das experiências de Educação Integral nos municípios de Minas Gerais articulando as pesquisas de mestrado e doutorado relativas a essa temática que estão sendo desenvolvidas no programa de Pós Graduações em Educação da UFMG. O observatório também vem atuando na formação de profissionais envolvidos com experiências de Educação Integral na educação básica contribuindo na efetivação da Educação em tempo integral como direito de crianças, jovens e adolescentes.

Entre as ações que o OBEDUC vem realizando podemos destacar: o mapeamento e avaliação da realidade regional e experiências de Educação integral em Minas Gerais; o Levantamento das produções científicas e técnicas que envolvam a temática da Educação integral; a socialização das propostas exitosas no campo da educação Integral em Minas gerais; a realização de seminários regionais de Educação Integral com a participação de 400 profissionais; a formação de professores, gestores e demais educadores envolvidos em experiências de Educação em tempo Integral; a produção de materiais pedagógicos para subsidiar as ações de formação no âmbito da Educação integral e também a produção de uma publicação com os resultados das pesquisas desenvolvidas no âmbito do Observatório.

O projeto é coordenado pela professora Lucia Helena Alvarez Leite da faculdade de Educação da UFMG. .

 

Notícias

Produções:

Fotos:

Vídeos:

Vídeo 1; / Vídeo 2; / Vídeo 3; / Vídeo 4

 


 

Programa Mais Educação: Impactos na Educação Integral e Integrada

Início: 2012

Pesquisa financiada por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e que vem sendo desenvolvida em parceria com as Universidades Federais de Goiás (UFG), do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), do Pará (UFPA), do Paraná (UFPR) e de Pernambuco (UFPR), apresentando como principal objetivo a análise do impacto do Programa Mais Educação (PME) como estratégia indutora de políticas públicas de Educação (em Tempo) Integral no Brasil.

Instituído pela Portaria Interministerial 17/2007 e pelo Decreto Presidencial 7083/2010, o Programa Mais Educação encontra-se no âmbito do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) como a principal estratégia do Governo Federal para induzir a ampliação da jornada escolar sob a perspectiva da Educação Integral. Essa iniciativa é coordenada pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (SECAD/MEC), em parceria com a Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC) e com as Secretarias Estaduais e Municipais de Educação.

 

Notícias:

Produções:

Programa Mais Educação: Impactos na Educação Integral e Integrada

  • Relatório da pesquisa quantitativa – LINK
  • (Relatório por região):
  • Relatório da pesquisa qualitativa (por localidade):
    • Amazonas – LINK
    • Manaus (AM) – LINK
    • Cariacica (ES) – LINK
    • Vitória (ES) – LINK
    • Caeté (MG) – LINK
    • Coronel Fabriciano (MG) – LINK
    • Mesquita (RJ) – LINK
    • Presidente Prudente (SP) – LINK

 

Fotos:

Vídeos:

 


 


Deixe um comentário

Você deve estar logged in para postar um comentário.